Chefe do tráfico vai responder pela morte de menino que brincava na porta de casa

 Rio – A Polícia Civil vai indiciar o homem apontado como o chefe do tráfico de drogas da Vila dos Pinheiros, uma das 16 favelas do Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, pela morte de Kauã Vitor, de 11 anos, baleado na cabeça, nesta quinta-feira. O Portal dos Procurados oferece R$ 1 mil por informações que levem a Thiago da Silva Folly, conhecido como TH.

Kauã morreu após ser baleado na cabeça e chegou a ser socorrido no Hospital Souza Aguiar, no Centro, mas, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, “não resistiu aos ferimentos e faleceu”. De acordo com familiares,  a vítima teria sido atingida acidentalmente quando outro menor de idade estava com uma arma. Ele foi baleado em frente à sua residência.

Nesta tarde, a Delegacia de Homicídios da Capital informou que não foi possível realizar a perícia no local onde Kauã foi baleado por conta de decisões restritivas de operações policiais. Segundo a especializada, uma das linhas de investigação levantadas até o momento aponta que o disparo tenha sido feito por um menor de idade que atuava no tráfico de drogas da região.

Fonte: O Dia

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by