Jornal Povo

Preços dos imóveis sobem pelo país em julho, mas caem no Rio de Janeiro

Os preços dos imóveis residenciais subiram 0,28% em julho, em média, no Brasil, de acordo com o Índice FipeZap. Entretanto, a alta ficou abaixo da inflação esperada para o mês, de 0,36%, segundo o Banco Central (BC). A maioria das capitais brasileiras monitoradas pelo Índice FipeZap apresentou elevação de preço no período. No entanto, três registraram queda nos preços anunciados: Recife (-1,72%), Campo Grande (-0,12%) e Rio de Janeiro (-0,10%). Já as maiores altas foram Brasília (+1,92%), Belo Horizonte (+0,60%) e João Pessoa (+0,51%).

No acumulado do ano até julho, os preços anunciados dos imóveis têm alta nominal de 1,39%, abaixo da variação de +0,46% esperada para o IPCA no período. Já em 12 meses, há uma queda real de 1,15% nos preços dos imóveis, com alta 1,13% nos preços e de 2,31% na inflação do período.

Em 12 meses, São Paulo mostra uma valorização de 2,65% nos imóveis, enquanto o Rio de Janeiro teve uma desvalorização de 1,06%. Apesar disso, o Rio de Janeiro se mantém como a capital com o preço do m² mais elevado (R$ 9.313/m²), seguida por São Paulo (R$ 9.167/m²) e Brasília (R$ 7.635/m²).

Entre as capitais monitoradas com menor valor médio de venda residencial por m² no mês, incluem-se: Campo Grande (R$ 4.251/m²), Goiânia (R$ 4.320/m²) e João Pessoa (R$ 4.334/m²).

Fonte: Jornal Extra

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.