Jornal Povo

Gilmar pede manifestação do STJ para decidir sobre prisão domiciliar de Queiroz

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu nesta quinta-feira (13) informações ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) antes de decidir sobre a derrubada da prisão domiciliar de Fabrício Queiroz.  

“Solicitem-se informações ao Superior Tribunal de Justiça, à Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e ao Juízo da 27ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, acerca do alegado na inicial”, escreveu o magistrado em despacho assinado na quarta (12).

Na segunda-feira, a defesa do ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz apresentou um habeas corpus à Corte. A defesa pede que o STF revogue a prisão preventiva decretada pela Justiça do Rio – atualmente ele e a mulher estão em prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica. 

Na ação, a defesa afirmou que o decreto prisional se pautou por fatos pretéritos. “Além disso, a pertinência dos fatos descritos na decisão carecem de fundamentação e não observados os requisitos inerentes a aplicação da medida cautelar gravosa, sendo embasada apenas em fatos longínquos e pretéritos, esquivando-se do verdadeiro caráter emergencial da prisão preventiva”, disse a defesa. 

Em 9 de julho deste ano, no recesso do STJ, quando cabe ao presidente da Corte tomar as decisões urgentes, João Otávio de Noronha permitiu que Queiroz e a mulher dele, Márcia Aguiar, ficassem em casa com tornozeleira eletrônica. Até então Queiroz estava preso, e Márcia foragida.

Queiroz foi preso no dia 18 de junho em Atibaia, no interior de São Paulo. O mandado de prisão foi expedido pela Justiça do Rio de Janeiro.

Fonte: CNN

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.