Em busca de substituto para Evanilson, Fluminense analisou Pottker e cogita esperar janela

Fluminense está convencido de que terá que ir ao mercado atrás de um substituto para Evanilson, que era o vice-artilheiro do time em 2020 com nove gols e foi vendido para o Porto, de Portugal. Com a saída do centroavante de 20 anos, a posição passou a ser a mais carente do atual elenco: só há Fred, que ainda não está no ritmo ideal, e Felippe Cardoso, que estava até fora dos planos do clube. Na derrota para o Flamengo na última quarta-feira, Odair Hellmann chegou a usar Nenê improvisado.

A diretoria, junto da comissão técnica, tem analisado alguns nomes que foram oferecidos, entre eles estava o de William Pottker, que já trabalhou com Odair no Inter e perdeu espaço no clube gaúcho. O treinador gosta do atacante e que dirigentes tricolores sondaram a situação do jogador, autor de 26 gols em 102 jogos pelo Colorado. Porém, as conversas não avançaram porque ele tem uma proposta do Trabzonspor e está de malas prontas para ir para a Turquia.

No mercado brasileiro, o Fluminense só pode contratar jogadores que ainda não completaram sete jogos na Série A, e na Série B nenhum atacante chamou a atenção da diretoria por enquanto. Diante das dificuldades no cenário nacional, o clube está com o foco para outros países sul-americanos, e a comissão técnica vem analisando possíveis nomes gringos. Porém, a janela de transferências internacionais no Brasil está fechada e só reabre no dia 13 de outubro.

Odair quebra a cabeça para achar um novo sistema ofensivo — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC
Odair quebra a cabeça para achar um novo sistema ofensivo — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Internamente nas Laranjeiras, a diretoria não descarta aguardar a reabertura da janela para contratar um estrangeiro para esta ou outras posições – o lateral-direito peruano Advíncula já despertou o interesse tricolor. O prazo de inscrição no Campeonato Brasileiro não seria um problema, já que em razão da pandemia do novo coronavírus a data limite para registrar novos jogadores passou para 20 de novembro. Mas a espera significaria mais seis rodadas no Brasileirão sem reforçar o time.

Enquanto diretoria e comissão técnica pesam prós e contras na balança, Odair Hellmann quebra a cabeça para buscar um novo encaixe do setor ofensivo. A saída de Evanilson e a queda de produção de Marcos Paulo fizeram o técnico testar um novo sistema no último Fla-Flu, mas não funcionou, e o time foi presa fácil para o Flamengo. Neste domingo, o Fluminense volta a campo para enfrentar o Corinthians, às 16h (de Brasília), no Maracanã, tentando voltar a vencer depois de três jogos.

Fonte: GloboEsporte

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by