Cinemas e teatros estão autorizados a reabrir a partir desta segunda-feira no Rio

Cinemas, teatros e anfiteatros no município do Rio podem volta a funcionar a partir desta segunda-feira (14). É mais uma etapa da flexibilização adotada pela Prefeitura do Rio.

As salas só podem funcionar com metade de capacidade, e é proibido vender bebida e comida.

A medida foi anunciada na sexta-feira (11) e é uma adaptação às regras da 6ª fase do processo de retomada de atividades econômicas durante a pandemia do coronavírus.

Veja os principais pontos anunciados:

  • Cinemas e teatros estão autorizados a funcionar com 50% da capacidade, seguindo as medidas de higienização entre as sessões;
  • Uso obrigatório de máscara
  • Assentos devem ser numerados
  • Proibido o consumo de bebidas e comidas
Regra para reabertura de cinemas e teatro a partir desta segunda (14) — Foto: Reprodução
Regra para reabertura de cinemas e teatro a partir desta segunda (14) — Foto: Reprodução

A Associação dos Exibidores de Cinema, no entanto, criticou a proibição da venda de alimentos como pipoca e bebidas e disse que fica inviável pagar o salário dos funcionários e arcar com todos os custos da exibição dos filmes.

Já a Associação dos Teatros falou que cada diretor vai decidir se vai reabrir ou não.

Regras de Ouro da Prefeitura do Rio para a reabertura da cidade — Foto: Infografia: Fernanda Garrafiel/G1
Regras de Ouro da Prefeitura do Rio para a reabertura da cidade — Foto: Infografia: Fernanda Garrafiel

Fases anteriores

Fase 1:

  • Atividades esportivas em centros de treinamento;
  • Atividades esportivas nos calçadões;
  • Atividade aquática individual no mar ( como natação ou surfe);
  • Celebrações em igrejas (com protocolo de desinfecção);
  • Lojas de móveis e decorações;
  • Concessionárias de automóveis.
  • Na primeira fase, não foram permitidas atividades na faixa de areia, como o aluguel de barracas de praia ou as escolinhas de esportes. Saunas e piscinas continuam vedadas.

Fase 2:

  • Shoppings entre 12h e 20h, com restrições de movimentação;
  • Competições esportivas com portões fechados.

Fase 3:

  • Todos os comércios, com restrição de circulação;
  • Bares e restaurantes abertos, com 50% da capacidade;
  • Academias abertas com agendamento e distanciamento;
  • Luta e dança, sem contato físico;
  • Atividades de crossfit;
  • Creches, desde que pais estejam trabalhando;
  • Salões de beleza, tatuagem e estética, com restrições;
  • Praias e parques abertos, sem aluguel de cadeira e barraca;
  • Áreas de lazer;
  • Atividades culturais em espaço aberto, sem aglomeração;
  • Competições esportivas com com portões fechados.

Fase 4:

  • Pontos turísticos com um terço da capacidade;
  • Atividade em espaço cultural fechado, com restrição de capacidade.

Fase 5:

  • Diminuição de restrições de capacidade em quase todos setores (bares, restaurantes, estádios, cinemas, etc);
  • Liberação de banhista nas praias, mas apenas na água;
  • Parques abertos, sem aglomeração.

Fase 6A

  • Museus
  • Galerias de artes
  • Parques de diversão
  • Bibliotecas
  • Centros culturais
  • Cursos profissionalizantes e de capacitação poderão ser realizados de forma presencial respeitando os critérios de segurança e afastamento

Fonte: G1

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by