Vasco pode ter quarteto ofensivo ‘ideal’ pela primeira vez como titular no Brasileiro

Para alguém que foi chamado de “máquina de gols” pela Fifa, três jogos sem marcar pode ser preocupante. O hiato de Cano, pequeno demais para ser chamado de jejum, pode acabar no domingo, quando Ramon Menezes terá a chance de escalar pela primeira vez o quarteto tido como ideal do Vasco, formado pelo camisa 14, Benítez, Vinícius e Talles Magno.

A partida contra o Red Bull Bragantino, às 11h, em São Januário, ganha importância redobrada depois da eliminação do time na Copa do Brasil. É preciso estancar um ciclo de instabilidade que tem na sua origem justamente a crescente dificuldade da equipe para criar chances de gol.

Contra o Botafogo, quarta-feira, isso foi remediado depois que Vinícius entrou no segundo tempo e se juntou a Benítez, Talles e Cano. Foi com os quatro que Ramon Menezes iniciou bem seu trabalho à frente da equipe, ainda durante o Estadual.

Entretanto, os recorrentes problemas de Vinícius, que sofreu pequenas lesões e ainda por cima contraiu a Covid-19, fizeram com que ele atuasse em apenas duas partidas do Brasileiro, ambas saindo do banco de reservas. Agora, mais perto da condição física ideal, a chance de o garoto ser titular no fim de semana é real.

A escalação de Vinícius, logo de saída, pode dar mais opções ofensivas à equipe e afrouxar um pouco a marcação sobre Talles Magno, que ainda tenta ter uma sequência de bons jogos em 2020. Por enquanto, a dependência do time em relação a Cano e Benítez tem tornado o jogo ofensivo previsível e, assim, mais fácil de ser anulado.

Um reforço está garantido no banco de reservas: o técnico Ramon Menezes, até domingo, terá cumprido o protocolo de distanciamento depois de ter testado positivo para a Covid-19. Ele já foi testado e deu negativo.

Fonte: Jornal Extra

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by