Operação prende 6 suspeitos de furtar combustíveis de dutos da Petrobras

Uma operação da Polícia Civil do RJ prendeu nesta quarta-feira (14) seis suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em furtar combustíveis de dutos da Petrobras na Baixada Fluminense. Segundo as investigações, o prejuízo com os roubos chega a R$ 1 milhão.

Um dos presos chegou a fazer a própria família refém quando agentes da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados chegaram, mas acabou se entregando — e ninguém se feriu.

A Justiça expediu ao todo sete mandados de prisão. De acordo com as investigações, o grupo atuava em Japeri, na Baixada Fluminense.

Suspeito de furto de combustível é preso no Rio — Foto: Reprodução/TV Globo
Suspeito de furto de combustível é preso no Rio — Foto: Reprodução/TV Globo

Como a quadrilha agia

Segundo as investigações, os suspeitos instalavam torneiras diretamente nos dutos e usavam longas mangueiras, para que o armazenamento do produto furtado acontecesse em locais mais discretos.

O transporte dos combustíveis furtados era feito em caminhões-baú adaptados com vários reservatórios, em vez de caminhões-tanque, a fim de despistar a polícia.

A delegacia afirma também que o bando mobilizava homens armados nos furtos, para garantir a segurança da quadrilha, e batedores nas estradas, a fim de avisar da presença de policiais.

“Essa quadrilha é especializada em perfurar os dutos. A organização criminosa utilizava armas de fogo para os roubos, era de extrema periculosidade”, afirmou o delegado André Leiras.

A delegacia especializada destacou, para além do R$ 1 milhão de prejuízo com os furtos, havia riscos ambientais e operacionais com os furtos.

Os roubos derramavam petróleo no solo e tinham perigo de explosão, e depois o fluxo de óleo tinha que ser interrompido para a Petrobras recompor os dutos perfurados.

Desde 2015, foram 259 incidentes registrados de tentativas ou furtos consumados de combustível em dutos da Petrobras:

  • 2015 – 11
  • 2016 – 32
  • 2017 – 95
  • 2018 – 69
  • 2019 – 40
  • 2020 – 12 (até setembro)

Fotos da ação da quadrilha:

Torneiras eram soldadas de forma clandestina no meio dos dutos — Foto: Reprodução
Torneiras eram soldadas de forma clandestina no meio dos dutos — Foto: Reprodução
Combustível roubado era transportado em mangueiras até terrenos distantes — Foto: Reprodução
Combustível roubado era transportado em mangueiras até terrenos distantes — Foto: Reprodução
Caminhões usados em mudança eram adaptados para levar o petróleo roubado — Foto: Reprodução
Caminhões usados em mudança eram adaptados para levar o petróleo roubado — Foto: Reprodução
Dentro de caminhões-baú, quadrilha colocou isotanques para armazenar o óleo roubado — Foto: Reprodução
Dentro de caminhões-baú, quadrilha colocou isotanques para armazenar o óleo roubado — Foto: Reprodução
Armas apreendidas com a quadrilha — Foto: Reprodução
Armas apreendidas com a quadrilha — Foto: Reprodução

Fonte: G1

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by