Polícia faz operação contra braço financeiro da maior facção do Rio

Rio – Agentes da Polícia Civil realizam uma operação, nesta quinta-feira, contra o braço financeiro do Comando Vermelho, a maior facção criminosa do Rio de Janeiro. De acordo com as investigações, o grupo movimentou R$ 20 milhões somente em um ano. 

A Operação Link tem como objetivo cumprir oito mandados de prisão e 30 de busca e apreensão nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. Até o momento, cinco pessoas foram presas. A Justiça já determinou o bloqueio de R$ 12 milhões nas contas de suspeitos e o sequestro de bens. 

Segundo as investigações da polícia, moradores de áreas dominadas pela facção eram obrigados a depositar dinheiro em contas de passagem de cidades de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, em um esquema de lavagem de dinheiro e pagamento pela remessa de drogas e armas para o grupo criminoso do Rio. 

A Polícia Civil identificou a participação de moradores de comunidades de Japeri, na Baixada Fluminense; São Gonçalo, na Região Metropolitana; Cabo Frio, na Região dos Lagos; e Volta Redonda, no Sul Fluminense. Os depósitos eram feitos em pequenas quantias, no entanto, somavam no fim um valor alto incompatível ao perfil econômico dos depositantes. 

De acordo com a polícia, um dos principais alvos da operação desta quarta-feira é um comerciante da capital paulista que movimentou mais de R$ 6 milhões em depósitos fracionados que vieram de dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. 

A operação de hoje foi deflagrada pela Delegacia de Combate ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro e conta com apoio dos Departamentos de Polícia Especializada; de Polícia do Interior e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), além das polícias civis de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Fonte: O Dia

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by