Jornal Povo

Flamengo é atropelado pelo Atlético-MG e perde nova chance de ser líder

O fim de turno e o início do returno do Flamengo dão sinais preocupantes. A equipe de Domènec Torrent não conseguiu vencer nenhum dos principais concorrentes pelo título. Primeiro o empate com o Inter (2 a 2), depois a goleada para o São Paulo (4 a 1), e neste domingo uma derrota para o Atlético-MG marcada por um atropelo do adversário sobre um sistema defensivo que vem se desmantelando ao longo dos últimos jogos (4 a ).

O time de Jorge Sampaoli precisou de apenas sete minutos para fazer dois gols e terminou batendo o atual campeão brasileiro com mais dois. Além de uma atuação pavorosa da zaga, o Flamengo também esteve em dia ruim na criação e na finalização. Essa foi a quarta partida que o time teve a chance de assumir a liderança do Brasileirão, mas desperdiçou. Agora, caiu da segunda para terceira posição, a um ponto do Inter.

O resultado vistoso fez da defesa do Flamengo a segunda pior da competição, com 29 gols sofridos, atrás apenas do Goiás, lanterna, com 33. O Atlético-MG marcou com Gustavo Henrique, contra, Sasha, Keno e Zaracho. Foi o décimo sexto jogo em que o Flamengo levou gols no torneio. E novamente um placar elástico. Só em quatro passou sem ser vazado até aqui. Com a decisão de escalar Gustavo Henrique, que vem em má fase, Dome expôs o time e o jogador. E acabou ele mesmo sendo minado pela sequência de partidas ruins da equipe.

Tanto que depois do jogo, a temperatura subiu nas redes sociais, com muitas críticas e pedidos pela saída do espanhol. A diretoria se reuniu com Dome no Mineirão, e o técnico foi para a entrevista coletiva pressionado. Mas disse que confia no próprio trabalho e no dos jogadores do Flamengo.

— Se estivéssemos a oito pontos do Inter, tomássemos de 4 na Copa aí sim teríamos problema grave. Quando ganham, ganham todos, quando perdem, normalmente perde o técnico, mas estamos todos juntos — disse, tentando amenizar o ambiente para o mata-mata da Copa do Brasil quarta-feira, contra o São Paulo.

Em campo, Gabigol, que voltou ao time após mais de um mês, saiu do banco sem fazer nada demais, mas deixou clara uma mensagem:

— Não é aceitável passar por isso. Temos um grande elenco, uma grande torcida, uma decisão na quarta, e precisamos do apoio deles.

No primeiro gol adversário, Gustavo Henrique não teve culpa sozinho. O defensor não alcançou Sasha, e desvirou contra o próprio gol. Mas na jogada pela esquerda, Filipe Luis não teve cobertura de um volante, e também não fez o corte.

Em seguida, o Galo trocou passes na intermediária e dessa vez abriu o jogo com Keno, pelo lado direito da defesa rubro-negra. O atacante conseguiu receber, armar o chute e acertar o canto, enquanto Isla tentava fazer linha de impedimento. Mal deu para respirar, 2 a 0 no placar. O Flamengo entrou com uma postura ofensiva, e deixou sua defesa desprotegida. Os atacantes pressionaram a saída de bola do Atlético-MG, e a segunda linha de marcação novamente ficou menos compacta do que deveria para diminuir os espaços.

No ataque, o time de Dome não conseguiu criar situações de perigo real no primeiro tempo, mas as duas equipes finalizaram pouco. A diferença é que o Atlético-MG foi eficiente no ataque. E também na defesa. As armas do Fla, como as subidas de Isla e Bruno Henrique, foram bem bloqueadas. Restaram os cruzamentos de média distância.

No começo do segundo tempo, Pedro acertou o travessão após bola levantada, e no rebote Bruno Henrique desperdiçou com o goleiro caído. Mais adiante, o mesmo Pedro finalizou bem, mas Everson defendeu. O volume do Flamengo aumentou. O time carioca passou a liderar em número de finalizações. Mas os donos da casa estavam impetuosos.

Em contra-ataque, 13 minutos, Arana fez boa jogada pela esquerda e serviu Sasha, que mergulhou e cabeceou entre as pernas do jovem Hugo Souza. O que era dramático piorou. Sem pernas para reagir, o Flamengo ainda perdeu Filipe Luis, que sentiu um incômodo na coxa.

O o time já estava praticamente entregue. O quarto gol do Galo em contra-ataque fechou o caixão. no jogo. Mas Dome ainda resiste.

Fonte: Jornal Extra

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.