Jornal Povo

MP ARROLA PM QUE PAGOU BOLETO E QUEM NEGOCIOU IMÓVEIS COM FLÁVIO BOLSONARO COMO TESTEMUNHAS

O Ministério Público do Rio arrolou como testemunhas da acusação do caso das rachadinhas as pessoas que compraram ou venderam imóveis de Flávio Bolsonaro e o sargento da Polícia Militar Diego Ambrósio, que pagou um boleto de R$ 16,5 mil do apartamento do filho de Bolsonaro e foi alvo de busca e apreensão durante a investigação.

Entre as pessoas que negociaram imóveis com Flávio, muitas vezes em dinheiro vivo, estão os corretores Sydney Braz e Orlando Trancoso de Abreu;  o casal Fábio e Jordana Guerra, que compraram um apartamento dele em Laranjeiras; e David Macedo, que vendeu para Flávio seu apartamento no Atlântico Sul, condomínio de luxo na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Ambrósio, que afirma ter recebido R$ 16,5 mil de Flávio por ter pagado um boleto da prestação de seu apartamento no Atlântico Sul, não foi denunciado, e é considerado apenas uma testemunha.

Também irá depor Fausto Paes, pai de Luísa Paes, que admitiu ser funcionária fantasma no gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Paes era amigo de futebol de Flávio Bolsonaro e foi o meio-campo entre Queiroz e a filha.

Fonte: Época

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.