Janela fecha, e Fluminense tende a ter o seu elenco fechado a 10 dias do fim das inscrições no Brasileiro

Fechou na última segunda-feira a janela de transferências internacionais para o Brasil. Depois da contratação de Lucca em setembro, o Fluminense negociou sem sucesso com outros nomes de fora do país. Se o clube ainda quiser buscar reforços no mercado nacional, restam agora 10 dias até o fim do prazo de substituições na lista de jogadores inscritos no Campeonato Brasileiro. Mas a tendência é que o elenco seja dado como fechado para o encerramento da temporada.

Desde a saída de Evanilson para o Porto, de Portugal, a prioridade do Fluminense durante a última janela foi para o setor de ataque. Mesmo após o acerto com Lucca, a diretoria seguiu no mercado em diferentes frentes, mas as negociações não avançaram por motivos distintos.

  • Léo Jabá, do PAOK, da Grécia, chegou a ter conversas avançadas para ser emprestado ao Tricolor, mas não houve um acordo para composição salarial com os gregos;
  • Jonatan Álvez, uruguaio do Barcelona de Guayaquil, do Equador, aceitou a proposta do Flu, que já estava com a operação pronta, mas de última hora a diretoria desistiu do negócio;
  • Marquinhos Cipriano, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, também esteve perto das Laranjeiras. O clube ucraniano chegou a dar sinal verde, mas a não liberação imediata devido à Champions League e a concorrência do Palmeiras minaram as chances tricolores no negócio.

Diante desse cenário na reta final da janela, e em razão da delicada situação financeira que o clube atravessa, Odair Hellmann procurou a diretoria para reforçar a confiança no atual elenco, que surpreendeu e terminou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro no G-4. A avaliação da comissão técnica é que o grupo tem capacidade de buscar a sonhada vaga na Libertadores de 2021. Além disso, há ainda esperança que Lucca se firme após chegar fora de ritmo do Catar.

Lucca chegou fora de ritmo do Catar e ainda se espera que ele se firme — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC
Lucca chegou fora de ritmo do Catar e ainda se espera que ele se firme — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Neste fim de ano, a prioridade da direção vai ser acertar a dívida com os jogadores, conforme noticiou o site “NetFlu”. Na última segunda-feira, o clube completou mais um mês de salário atrasado: atualmente, estão pendentes os vencimentos CLT de setembro e outubro, e os direitos de imagens de agosto, setembro e outubro. Pelo combinado na redução salarial nos primeiros meses da pandemia, o Fluminense se comprometeu a fechar o ano em dia, sob risco de ter o acordo desfeito.

Caso surja alguma oportunidade no mercado brasileiro que Odair ache interessante apostar, o Fluminense tem até o dia 20 para substituir no máximo oito jogadores inscritos na Série A. Até o momento, o clube já teve 38 atletas diferentes relacionados para os jogos do Brasileirão.

Fonte: Ge

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by