Câmara do Rio vai renovar um a cada três vereadores

Dos 51 vereadores eleitos no último domingo (15) para a Câmara Municipal do Rio, só 17 não fazem parte do parlamento atualmente.

Os outros 34 — dois em cada três — ou foram eleitos diretamente para o cargo em 2016 ou acabaram assumindo o mandato como suplentes ao longo dos últimos quatro anos.

Entre os reeleitos estão alguns dos mais bem votados, como Tarcísio Motta (PSOL), Carlos Bolsonaro (Republicanos) e Cesar Maia (DEM).

Já Marcelo Sicilliano (PP), aliado frequente do candidato à reeleição Marcelo Crivella (Republicanos), ficou de fora.

Zico Bacana (Podemos), baleado na cabeça às vésperas da eleição, também não conseguiu uma vaga.

Leandro Lyra, eleito pelo Novo e que migrou para o Republicanos de Crivella, também sofreu uma derrota e não voltará ao Parlamento.

Na esquerda, as baixas mais marcantes ficaram por conta de Renato Cinco (PSOL), que tem como principal bandeira a legalização da maconha. O experiente Fernando William (PDT) também foi derrotado.

Fonte: G1

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by