Jornal Povo

Flamengo terá sequência de jogos no Rio e até oito semanas livres para treinos no resto da temporada

Eliminado na Libertadores e na Copa do Brasil, o Flamengo terá apenas o Campeonato Brasileiro para se concentrar até o fim da temporada. Na tarefa de se reerguer e brigar pelo título, o time comandado por Rogério Ceni conta com dois fatores a seu favor neste recomeço: uma sequência de três no Rio de Janeiro e até oito semanas cheias de trabalho.

Imediatamente após a queda para o Racing, o Flamengo enfrentará Botafogo, Santos e Bahia no Rio. O primeiro, um clássico, acontecerá no estádio Nilton Santos, e os outros dois, com mando rubro-negro, no Maracanã. Somente no último jogo de 2020, o elenco precisará viajar: enfrenta o Fortaleza no dia 27 de dezembro.

Além da facilidade na logística, o elenco também terá tempo para treinar, algo raro desde o início do Campeonato Brasileiro. Até a última rodada, serão até oito semanas cheias de trabalho para Rogério Ceni – o número total depende da remarcação do jogo contra o Grêmio, adiado no último fim de semana.

De imediato, Ceni terá uma sequência de cinco semanas livres para trabalhar: entre o dia 5 de dezembro e o dia 17 de janeiro. Após dois jogos em quatro dias, haverá mais três semanas cheias, de 24 de janeiro a 13 de fevereiro.

O período servirá para preparar o Flamengo para a reta final do Campeonato Brasileiro. As três últimas rodadas acontecerão em apenas uma semana: entre os dias 17 e 24 de fevereiro.

– Acredito que posso continuar fazendo meu melhor todos os dias. É o que me predispus a fazer quando vim para cá. Trabalhar para fazer com que o time possa pressionar mais, ter mais quilometragem no jogo, melhorar parte tática e técnica. Só não posso controlar o resultado. Isso não é possível da parte de ninguém – disse Ceni, após a eliminação para o Racing na Libertadores.

O período também pode servir para o Flamengo ter todos os seus jogadores à disposição. No momento, apenas Thiago Maia e Gabigol estão indisponíveis. O volante tem grave lesão no joelho e não joga mais na temporada, e o atacante passa por um processo de transição para superar um desequilíbrio muscular.

Além da questão médica, há também a possibilidade de trabalhar melhor com atletas que voltaram recentemente de lesão, como Rodrigo Caio, Filipe Luís e Pedro.

Fonte: Ge

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.