Globo desiste, e Band fecha compra dos direitos de transmissão da Fórmula 1 no Brasil

A Band fechou a compra dos direitos de transmissão da Fórmula 1 junto à Liberty Media e irá exibir a categoria em TV aberta nas próximas duas temporadas – 2021 e 2022. A emissora do Morumbi voltará a mostrar a competição após 31 anos – em 1980, foi a primeira no país a passar ao vivo e na íntegra uma temporada completa.

As informações foram dadas a princípio pelo jornalista Flávio Ricco, do R7, e depois confirmada por Erich Beting, no site Máquina do Esporte, e pelo portal Grande Prêmio. Agora, seria uma questão de tempo até a oficialização do acordo.

A entrada da Band no negócio se deu após a desistência da Globo de adquirir a F1 novamente. A emissora carioca tinha voltado a conversar com a Liberty após a desistência do acordo com a Rio Motorsports – que repassaria a transmissão para a TV Cultura.

No entanto, os valores considerados altos pedidos pela agência impediram um negócio de ambas as partes. As cifras pedidas seriam em torno de US$ 22 milhões (~R$ 120 milhões). A Disney – detentora para o restante da América Latina – chegou a demonstrar interesse em um contrato conjunto com o SBT, mas não entendeu que era viável financeiramente.

Agora, com a Fórmula 1 na Band, Reginaldo Leme – comentarista do canal – deverá voltar a ser analista das transmissões da categoria. Ele saiu da Globo no final de 2019, após 41 anos, e ficou ausente da temporada 2020.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by