Jornal Povo

Agentes da Prefeitura de Nova Iguaçu emitiram 25 autos de embargos em festas clandestinas no carnaval

Em cinco dias de carnaval, a Superintendência de Controle Urbano da Prefeitura de Nova Iguaçu emitiu 25 autos de embargo, impedindo a realização do evento ou determinando sua imediata interrupção, com os responsáveis e idealizadores dos eventos sendo multados. Agentes coibiram e fiscalizaram festas e blocos de carnaval, realizados, na maioria das vezes, no período da noite e madrugada. Para que as denúncias fossem feitas, foi disponibilizado o número 2666-0175 ou o 190 da Polícia Militar. Mesmo com o fim do carnaval, as fiscalizações para coibir aglomerações vão continuar.

Ainda foram emitidos uma notificação e dois autos de apreensão. Todas as mercadorias apreendidas, como mesas, cones, cadeiras e lonas, que foram discriminadas e registradas, estão armazenadas no depósito da Superintendência. Diariamente, pelo menos dez agentes fizeram rondas preventivas pela cidade, principalmente em grandes centros. Ao todo, a Superintendência recebeu 63 denúncias.

“Todas as denúncias foram checadas, mesmo aquelas que pessoas fizeram falsamente. Vamos continuar fazendo rondas preventivas para coibir festinhas e eventos de aglomeração”, garantiu o superintendente de Controle Urbano, Evandro Frossard, comentando que em alguns locais, a aglomeração foi dispersada somente com a chegada das equipes da Prefeitura e da Polícia Militar.

Agentes da Superintendências fizeram ações nos bairros Centro, Prata, Jardim Tropical, Caonze, Engenho Pequeno, Santa Eugênia, Vila de Cava, Miguel Couto, Cerâmica, Tinguá, Santa Rita, Austin, Comendador Soares e Corumbá. Vale ressaltar que nenhuma atividade festiva em locais públicos foi autorizada pela gestão municipal.

Para a fiscalização, a Prefeitura contou com a parceria com policiais do Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS). Em caso de flagrante de festa de rua , o organizador será notificado e, se persistir com o evento, poderá ser encaminhado à delegacia pela Polícia, onde deve responder pelo crime de desobediência. Se o evento acontecer em espaço particular, o dono do imóvel pode ser multado e ter o alvará cassado. Todas as ações são filmadas.

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.