N°1 No Vuco-Vuco:’Nova Iguaçu é a única cidade entre as vizinhas a manter fertilidade na pandemia’

Fazendo jus ao bordão “U-hu, Nova Iguaçu’’, a cidade foi a única na Baixada Fluminense a manter o mesmo patamar de registros de nascimento em janeiro de 2021, em relação ao mesmo mês do ano passado — enquanto as vizinhas tiveram queda de até 28% no número de bebês.

Os iguaçuanos também geraram uma curiosidade. Registraram exatamente 685 crianças — tanto em 2021, como em 2020.

Faltou gemada

A maior queda na região, a de 28%, foi em Mesquita.

E o tombo fica ainda maior ao considerar que, desde 2003, os cartórios geravam uma média de 12,44% certidões de nascimento a mais em janeiro de cada ano.

São João de Meriti veio atrás, com redução de 21,93%; seguida por Magé, com menos 19,8%.

Efeito

Vale lembrar que o mês passado foi o primeiro após nove meses do início da quarentena — providência determinada pela chegada da Covid-19 ao Brasil. O tempo de uma gestação.

Os dados são da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio (Arpen-RJ).

Fonte: Google.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by