Guedes diz que valor médio de auxílio emergencial será de R$250

BRASÍLIA (Reuters) – O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira que o valor médio das novas parcelas de auxílio emergencial a serem pagas a vulneráveis será de 250 reais, com o repasse feito a famílias monoparentais chegando a 375 reais.

Em entrevista a jornalistas no Palácio do Planalto, Guedes ressaltou que a definição final dos valores será feita pelo Ministério da Cidadania.

“Essa é a média (250 reais), um valor médio, porque se for uma família monoparental, dirigida por uma mulher, aí já é 375 (reais), se tiver um homem sozinho aí já é 175 (reais), se for o casal, os dois aí já são 250 (reais). Quer dizer, tem toda uma… isso é o Ministério da Cidadania, nós só fornecemos os parâmetros básicos, mas a decisão da amplitude é com o Ministério da Cidadania”, disse.

O Senado aprovou na semana passada a PEC Emergencial, que abre caminho para o pagamento do auxílio. O projeto está previsto para ir à votação no plenário da Câmara dos Deputados na quarta-feira.

Na entrevista, o ministro destacou que, em meio à pandemia, a queda da economia brasileira ano passado foi menor do que a verificada em grande parte dos países e que trabalha para uma recuperação neste ano a partir de aprovação de propostas no Congresso.

“Melhor que o Brasil foi China, Estados Unidos e Coreia do Sul, e Brasil vai dar uma resposta à altura da crise, com vacinação em massa, auxílio emergencial e estamos aprovando essa PEC fiscal, um protocolo de crise”, disse.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by