Prefeito de Caxias libera vacina de Covid-19 para pessoas acima de 55 anos e gera confusão

RIO – Uma confusão no cronograma de idades marcou o retorno da vacinação contra Covid-19 em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na manhã deste sábado. Enquanto oficialmente a prefeitura da cidade informava que apenas pessoas a partir de 60 anos iriam receber a primeira dose, funcionários que vacinavam na Praça da Mantiqueira, em Xerém, e em outras unidades, tiveram autorização para imunizarem pessoas a partir de 55 anos. A ordem, segundo quem aplicava as doses no município, teria partido do próprio prefeito, Washington Reis (MDB).

Restrições em Niterói:

— A minha colega passou (uma mensagem no) WhatsApp dizendo que tinham liberado para pessoas com mais de 55 anos. Foi surpresa, porque as datas não estão batendo. Pela tabela que me deram, a minha dose só seria dia 28 de abril — lembra dona Maria Aparecida Gomes do Espírito Santo, de 57 anos, que conseguiu receber o imunizante.

Procurado, Reis confirmou que liberou a vacinação para pessoas com mais de 55 anos em pontos onde a procura é baixa. Ele informou ainda que a cidade só tem ampolas à disposição para serem aplicadas como primeira dose até domingo. O restante será usado para a segunda dose.

— Estamos fazendo a otimização da vacina. Caxias é a cidade que mais tem vacinado. As vacinas chegaram ontem às 9h, e a ordem é colocar as vacinas no braço, e não na geladeira. Onde tem menor densidade, estamos vacinando até 55 anos. Em locais com maior população apenas 60 anos. Estamos consumindo-a no local — diz Reis.

Essa não é a primeira vez que o prefeito do município resolveu não seguir o Plano Nacional de Imunização (PNI). Em março ele decidiu diminuir a faixa etária do público-alvo de vacinação contra Covid-19 de 80 anos para a partir de 60 anos, o que gerou uma corrida aos postos, inclusive de pessoas que vieram de outras cidades. Após o ocorrido, a 3ª Vara Cível de Duque de Caxias expediu liminar para que o município siga o PNI e priorize a aplicação de acordo com a faixa etária dos idosos.

Washington Reis, no entanto, ndicou que não pretende cumprir a determinação e também não fará parte do calendário de vacinação unificada estabelecido pelas prefeituras do Rio, Niterói, Maricá e Itaguaí. Segundo o prefeito, “nos próximos dias vamos chegar a 45 anos”.

— Vou seguir o que estou fazendo, um calendário próprio. Está dando certo — finalizou.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by