Jornal Povo

Tipos de artrite podem ser incluídos como deficiência física no Rio

Projeto do deputado Renato Zaca amplia benefícios para portadores de doenças reumáticas

Cidadãos diagnosticados com artrite reumatoide, espondilite anquilosante e artrite psoriásica podem ser incluídos na categoria de pessoas com deficiência, o que amplia a garantia de direitos e acesso a auxílios governamentais. A inserção do grupo na classificação foi pedida pelo deputado estadual Renato Zaca (PRTB), que apresentou o projeto de lei 4.182/2021 na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), na última terça-feira (18/05).

Doenças inflamatórias e degenerativas, esses tipos de artrite podem provocar deformidades e alterações de várias articulações. No texto, o parlamentar detalha os reflexos das enfermidades e o quanto elas podem provocar limitação dos movimentos dos portadores.

“São doenças agressivas e impactantes, que podem comprometer a locomoção. O projeto pede alteração na lei existente para que os diagnosticados com esses tipos de artrite possam garantir mais direitos e ter o mesmo acesso aos benefícios já disponíveis aos deficientes físicos, dando a eles mais qualidade de vida”, justifica Renato Zaca.

A proposta altera a Lei Estadual n° 7.329, de 08 de julho de 2016, onde classifica-se como deficiência física quem tem alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo. Amputação, paralisia cerebral, nanismo, deformação congênita, tetraplegia e paraplegias são algumas patologias que já fazem parte da lei.

Doenças degenerativas

Artrite reumatoide – é uma doença inflamatória crônica, autoimune, degenerativa, que afeta múltiplas articulações (mãos, punhos, cotovelos, joelhos, tornozelos, pés, ombros, coluna cervical) e órgãos internos, como pulmões, coração e rins, dos indivíduos geneticamente predispostos. A progressão do quadro provoca deformidades e alterações das articulações, que podem comprometer os movimentos.

Espondilite anquilosante – é um tipo de artrite, autoimune inflamatória crônica, que afeta especialmente as articulações da coluna, causando rigidez e dor nas costas. A doença também pode afetar os quadris, joelhos e ombros. Casos mais graves da doença acarretam lesões nos olhos, coração, pulmões, intestinos e pele.  Afeta mais pacientes homens, de 20 a 40 anos. Como não há cura e costuma acompanhar a pessoa por toda a vida. Se não for diagnosticada e tratada de forma adequada, pode haver redução importante dos movimentos da coluna vertebral.

Artrite psoriásica (APs) – é uma doença inflamatória articular que, se não for tratada de maneira adequada, pode ser rapidamente progressiva e levar a deformidades consideráveis. A artrite mutilante é a forma mais grave da doença por ser erosiva, destrutiva e degenerativa.

Attention Required! | Cloudflare

Sorry, you have been blocked

You are unable to access jornalpovo.com.br

Why have I been blocked?

This website is using a security service to protect itself from online attacks. The action you just performed triggered the security solution. There are several actions that could trigger this block including submitting a certain word or phrase, a SQL command or malformed data.

What can I do to resolve this?

You can email the site owner to let them know you were blocked. Please include what you were doing when this page came up and the Cloudflare Ray ID found at the bottom of this page.