Polícia Civil prende suspeitos de integrar tribunal do tráfico em Coelho Neto

Até o momento, sete pessoas foram presas

Rio – Policiais civis da 33ª DP (Realengo), com o apoio de agentes de outras delegacias do Departamento-Geral de Polícia da Capital, realizam, nesta quinta-feira, a Operação Villegagnon, contra traficantes da maior organização criminosa do estado, que atuam em Coelho Neto, Zona Norte do Rio. As investigações, que tiveram início em 2019, apontaram que esse grupo formou um tribunal do tráfico responsável por diversas execuções, entre elas a de um entregador de farmácia, morto em janeiro deste ano. Até o momento, sete pessoas foram presas.Segundo apurado pela equipe da 33ª DP, os criminosos promoveram diversos confrontos na região. Ao longo de sete meses de investigação, foram identificados traficantes que atuavam na comunidade Proença Rosa, sob influência do complexo do Chapadão, e que estabeleceram bocas de fumo (esticas) em ruas residenciais no bairro de Coelho Neto.

Os traficantes, de acordo com as informações obtidas pela delegacia, estão aterrorizando a população do local, atuando com violência e intimidação. No caso do entregador de farmácia, a execução teve motivo torpe, pois ele estaria realizando uma entrega na região, embora residisse em local dominado por uma facção rival. As ameaças e intimidações foram postadas pelos criminosos em redes sociais antes da execução da vítima.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by