Buscando trazer um novo fôlego, mas sem fugir das suas raízes, o PSL no estado do Rio de Janeiro passou por algumas mudanças nos últimos dias. A principal dessas mudanças foi a escolha de Wagner dos Santos Carneiro, o “Waguinho”, como presidente do partido no estado.

Waguinho já é bem conhecido no Rio de Janeiro pela excelente gestão que vem realizando à frente da cidade de Belford Roxo. Reeleito com 80,40% dos votos válidos nas últimas eleições municipais, tornou-se o primeiro prefeito reeleito da história da cidade e o mais votado da região metropolitana do Rio de Janeiro. Uma conquista consideravelmente maior do que na sua primeira eleição em 2016, onde, no primeiro turno, conquistou 49,46% dos votos. Tendo a sua vitória decretada no segundo turno com 56,99%.

Mas quem pensa que a carreira de Waguinho começou já na prefeitura está muito enganado. Formado em Direito pela Universidade da Cidade, o filho de Belford Roxo, iniciou sua vida profissional como faxineiro na Câmara dos Vereadores, onde, após algum tempo, tornou-se assessor do presidente da Câmara. Foi a partir daí que tomou gosto pela política e concorreu às eleições de 2008, sendo, naquele momento, o vereador mais votado da história da cidade com 5.413 votos. Nesse mesmo mandato, tornou-se Presidente da Câmara dos Vereadores onde permaneceu até 2010, quando, após as eleições, elegeu-se Deputado Estadual com 34.820 votos.

Em 2014, mais uma vitória para a coleção do político. A reeleição como Deputado Estadual se tornou uma realidade e Waguinho aumentou expressivamente os seus votos em relação ao primeiro mandato, recebendo 53.835 votos.

Além de todos esses fatos, o prefeito de Belford Roxo ainda conseguiu emplacar uma dobradinha nas eleições de 2018. Mostrando sua forte liderança política, elegeu a sua esposa, Daniela do Waguinho como Deputada Federal e seu amigo e companheiro de longa data, Márcio Canella, como Deputado Estadual. Essa parceria fez com que os dois parlamentares entrassem para o seleto grupo dos deputados mais bem votados do estado do Rio de Janeiro, tendo a deputada recebido 136.286 e o deputado 110.167 votos.

Agora, à frente da presidência do PSL no estado, Waguinho tem um novo desafio: trazer renovação para o partido.

Segundo relatos, a escolha do político se deve ao trabalho que vem sendo realizado em Belford Roxo nos últimos anos. A cidade tem ganhado destaque positivo em diversos setores, principalmente no que se refere às obras de infraestrutura, e melhorias em pastas como educação, saúde e assistência social.

A simpatia, o carisma e a fixação de Waguinho pelo trabalho são a sua marca registrada e é nisso que o PSL está apostando.
Ainda não se sabe ao certo quais serão os próximos passos do partido, e nem o que é pretendido com toda essa mudança. Mas, o que se pode esperar dessa “nova era”, é que uma forte onda de renovação está pra chegar.
E se tudo ocorrer bem como está ocorrendo em Belford Roxo, a presidência do PSL no Rio de Janeiro estará em ótimas mãos.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by