Anvisa avalia uso da CoronaVac em crianças a partir de 3 anos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisa nesta quarta-feira a extensão do uso da CoronaVac em crianças a partir de 3 anos no Brasil. Outro ponto é a ampliação da autorização do uso emergencial para jovens de 3 a 17 anos. Com isso, a Diretoria Colegiada considera a relação risco-benefício para a faixa etária. Ainda não há vacinas aprovadas no país para crianças abaixo de 12 anos. Só a da Pfizer é permitida para jovens de 12 a 17 anos.

Atualmente, o imunizante, da Sinovac Biotech com o Instituto Butantan, só pode ser aplicado em pessoas maiores de 18 anos. A CoronaVac, que utiliza a tecnologia de vírus inativado, é aplicada em duas doses, com intervalo de 28 dias.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by