S.O.S:”Governador Cláudio Castro pede ajuda ao MPRJ para solucionar problemas dos transportes públicos do Rio”

Pedido do governador acontece após os trens sofrerem constantes paralisações, mas se estende para todos os modais

Estações ficam lotadas após SuperVia suspender a circulação do ramal Japeri

Rio – O governador do Rio, Cláudio Castro, pediu ajuda ao procurador-geral de Justiça, Luciano Mattos, do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), nesta quinta-feira (2), para solucionar os problemas dos transportes públicos do estado. A informação foi divulgada pelo RJ1 da TV Globo. O pedido acontece após os trens da Supervia sofrerem constantes paralisações, devido ao furto de cabos de energia.

Apesar de ser motivado pelo problema nos trens, o pedido se estende a todos os modais. Nesta quinta, o Procon Carioca chegou a notificar a Supervia e a concessionária tem até dez dias úteis para explicar a paralisação do ramal e da extensão Paracambi. Segundo a empresa, somente no primeiro semestre deste ano, foram furtados mais de 14 mil metros de cabos do sistema, em 364 ocorrências de furto.

Além de causar interrupções no transporte, os crimes trouxeram prejuízo de mais de R$1 milhão à empresa. Durante todo o ano passado, foram 355 ocorrências de furto. Na quarta-feira (1), foi anunciada a criação de uma força-tarefa para conter os furtos de cabos e grampos do sistema ferroviário da empresa. A ações começaram hoje com o reforço de 200 policiais militares no patrulhamento das estações e regiões do entorno.

Drones e helicópteros da PM também reforçaram o policiamento ao longo da malha ferroviária. Viaturas foram colocadas ao lado das estações. Na ação, o 24º BPM (Queimados) apreendeu 12 quilos de fios de cobre que estavam alocados em um ferro-velho em Queimados, na Baixada Fluminense. A apreensão foi realizada a partir de um trabalho de inteligência da força-tarefa. No local, o quilo do cobre era vendido por R$ 37. Os responsáveis pelo galpão também compravam metal, alumínio e ferro, outros materiais visados pelos ladrões nos furtos.

Na quarta-feira, a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, em discussão única, o projeto de lei que amplia as atribuições da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) na investigação sobre furtos de cabos de energia dos trens e metrôs do Rio. O projeto inclui a investigação sobre furtos envolvendo esse tipo de equipamento de qualquer concessionária de serviço público. A medida segue para o governador do Rio, Cláudio Castro, que tem até 15 dias úteis para sancionar ou vetar. 

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by