PMs apreendem material contrabandeado nas estações da Pavuna e Belford Roxo

Ação faz parte da força-tarefa montada pelo governo do estado para conter furtos na malha ferroviária. Foram apreendidos fios de cobre e placas de metal

Policiais apreendem produtos falsificados nas imediações das estações da Pavuna e de Belford Roxo, nesta sexta-feira

Divulgação/PM

Rio – Policiais militares apreenderam, nesta sexta-feira, materiais falsificados e contrabandeados nas proximidades das estações de trem de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, e da Pavuna, na Zona Norte do Rio. A ação, que aconteceu em regiões de comércio popular no entorno das plataformas, se deu como parte da força-tarefa montada pelo governo do estado para conter os furtos de cabos e demais equipamentos da malha ferroviária administrada pela SuperVia. Segundo a PM, houve apreensão de fios de cobre e placas de metal nas imediações da estação da Pavuna. A força-tarefa teve início na noite de quarta-feira.

Além da operação, já estão atuando em plataformas do ramal de Japeri os policiais militares contratados para reforçar o patrulhamento durante seus dias de folga. O convênio foi firmado pela PM e a SuperVia por meio do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis). Segundo a concessionária, a distribuição dos agentes pela região é dinâmica, cobrindo pontos alternados de acordo com a mancha criminal traçada pela SuperVia em parceria com os órgãos de segurança pública.

Segundo a SuperVia, trata-se ainda de um projeto piloto.

“O financiamento está sendo feito com verba da própria concessionária, que entende a questão da segurança pública como prioritária, devido aos impactos que causa à operação dos trens e aos clientes”, diz a SuperVia.

A força-tarefa teve início na noite de quarta-feira, com o reforço de 200 PMs no patrulhamento do sistema ferroviário. O policiamento conta, ainda, com o sobrevoo de helicópteros e drones. As aeronaves contam com equipamentos infravermelhos acoplados para identificar a ação de criminosos no período noturno. A semana registrou atrasos entre composições e interrupções diárias da circulação de trens devido aos furtos de cabos e grampos da malha ferroviária. Os problemas foram verificados no ramal de Japeri, o que registra maior ocorrência dos crimes, segundo a SuperVia. Diante do aumento de casos neste ano – somente no primeiro semestre o número de ocorrências superou o de todo o ano passado – a força-tarefa foi definida na terça-feira. Participam a PM, a Polícia Civil, a SuperVia e as secretarias estaduais da Casa Civil e de Transportes. Segundo a SuperVia, foram furtados mais de 14 mil metros de cabos nos primeiros seis meses do ano. Houve 364 ocorrências de furtos. No ano passado inteiro, foram 355 ocorrências.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by