POEMAS & POESIAS:”As paixões humanas IV”.

Por: Dr Luiz Alberto Barbosa.

Socorro! A esperança caiu no poço da desilusão. As paixões humanas, agora, entraram em completa confusão. A mentira, de mãos dadas com a hipocrisia, se juntou à desordem e andam espalhando o terror por onde passam. O medo, pegou a indecisão pelo braço e se esconderam em um lugar que entendem ser bem seguro. A raiva, prima do ódio, prendeu o perdão e a paciência, e as mantém vigiadas sobre forte segurança. A insegurança nos colocou confinados em nossas casas. A verdade, dizem que foi abduzida. A traição assumiu o trono e dita as ordens. A futilidade cresce a cada dia. O respeito foi ferido e quase não é visto pelas ruas. A prepotência subiu para a cabeça e é a marca registrada dos homens da capa preta. A tristeza está com metralhadora em punho e abatendo muita gente. A depressão, sorrateira, tem entrado pelas portas do fundo, sem ser notada e tem sugado, lentamente, o desejo de viver. A solidão tem se passado como um falso remédio e o tédio, está todo proza, pois nunca foi tão reconhecido entre os humanos. A indecência se despiu e acompanhada da sensualidade, anda se exibindo sem o mínimo pudor. A gente tem que remontar esse quebra-cabeça que se desfez antes que seja tarde demais.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by