Estudo prevê que tarifa dos trens pode passar de R$ 7, caso não haja acordo

Documento ‘Recomendações para a modernização dos trens’, lançado nesta sexta, sugere mudanças na gestão dos trens da Supervia, inclusive na base de cálculo da tarifa

Protesto virtual pedia o fim do reajuste da tarifa de trens em fevereiro

Rio – A percepção dos usuários dos trens é de que o sistema ferroviário do Rio é caro e está longe da estrutura ideal, problema agravado pelo aumento no número de furtos de cabos, que atrasam diariamente a circulação nos ramais – desde o início de setembro, Supervia, Polícia Militar e Polícia Civil iniciaram uma força-tarefa para combater os crimes.Diante dos problemas que se amontoam, a Casa Fluminense e o Observatório dos Trens lançaram, nesta sexta-feira (24), o documento ‘Recomendações para a modernização dos trens da Supervia’, com sugestões para melhorar a vida de quem depende do transporte.O estudo recomenda a melhoria do sistema ferroviário em cinco aspectos. Um deles é mudar a base de cálculo da tarifa da Supervia, atualmente em R$ 5,90. O documento prevê que caso não haja um acordo, a passagem pode chegar a R$ 7,73 em fevereiro de 2022.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by