Coreógrafo pede material genético de Tim Maia para fazer reconhecimento de paternidade

Único filho biológico do cantor se nega a disponibilizar o material na Justiça do Rio

Rio – O coreógrafo Rodrigo Rezende solicitou na Justiça do Rio o pedido de reconhecimento de paternidade para saber se o cantor Tim Maia, morto no dia 15 de março de 1998, é o seu pai biológico. A informação foi confirmada pelo R7.com na última terça-feira (12). No entanto, ainda de acordo com o site, o único filho biológico do artista, Carmelo Maia, recusou-se a fornecer o material genético do pai para que o procedimento fosse realizado.
O dançarino suspeita que seja filho de Tim Maia pois sua mãe, dançarina na época, teria se relacionado com o cantor. “Tenho elementos que me levam a crer que ele é o meu pai. Estou solicitando, mas o filho negou. Não existe ninguém querendo oportunidade. Se der positivo, ok, mas se der negativo, ok também”, disse o coreógrafo em um vídeo enviado ao Portal.O corpo de Tim Maia não precisaria ser exumado, já que em 2012 a ação já teria sido feita para retirada de material genético. Na ocasião, o pedido foi feito no Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) por Rafaela Soares Campos, que movia um processo de verificação de paternidade para provar que era filha do cantor. O exame de DNA deu negativo.

Quem autorizou a exumação na época foi a 2ª Vara de Família da Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Desta vez, a Justiça do Rio informou que o processo corre em sigilo. O corpo de Tim Maia está enterrado no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, na Zona Portuária do Rio.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by