Centenário jornal Correio da Lavoura e Silvino de Azeredo são tema de exposição em Nova Iguaçu

Exposição: “Identidade & Pertencimento – uma homenagem aos 104 anos do jornal Correio da Lavoura”

Para mostrar um pouco da história dos 104 anos do jornal Correio da Lavoura, fundado em 22 de março de 1917 e editado e em circulação hoje em formato online, a Prefeitura de Nova Iguaçu, através da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu – Fenig, realiza a exposição Identidade & Pertencimento – uma homenagem aos 104 anos do jornal Correio da Lavoura. O evento será no dia 20 de novembro, aberto ao público, às 10h, na Praça Silvino de Azeredo, batizada com o nome do criador do centenário jornal Correio da Lavoura. A Secretaria Municipal de Cultura é parceira nessa ação de memória da cidade.

Na exposição, o público poderá ver imagens raras do jornal e de seu fundador, além de personagens que marcam essa história e o município de Nova Iguaçu. Após o lançamento na praça Silvino de Azeredo no dia 20, a exposição será levada para a Sala de Leitura Livros para Voar, espaço da Fenig, no terceiro piso do TopShopping, onde permanecerá até o dia 27 de novembro, com entrada gratuita.

A história de Silvino de Azeredo, fundador do jornal, se conecta com a evolução de Nova Iguaçu no século XX. Ele nasceu em 1859 e faleceu em 1939. Silvino dedicou a vida para levar informação em defesa da produção na cidade, sobretudo agrícola, mas também naquela época já tinha um viés educacional e tinha preocupação em levar conhecimento às pessoas na fase áurea da citricultura. Nova Iguaçu produzia a melhor laranja do Brasil. A energia do jornal semanal que Silvino construiu, está viva hoje num veículo dinâmico e online que permanece editado diariamente pela família, no caso, o bisneto Vinícius Azeredo conduz esse legado histórico.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by