AULA INAUGURAL DE MANDARIM MARCA INÍCIO DO CONVÊNIO BRASIL CHINA, EM ESCOLA MUNICIPAL DE DUQUE DE CAXIAS

A manhã desta quarta-feira (9) marcou o pontapé inicial para que os alunos da rede municipal de ensino de Duque de Caxias comecem a aprender mandarim e tenham contato com um pouco da cultura chinesa. Na ocasião, a Prefeitura, através de uma parceria com o Governo do Estado, realizou a assinatura de um termo de cooperação e promoveu a aula inaugural da língua estrangeira para os alunos do CIEP 097 Carlos Chagas Brasil – China. Estiveram presentes no evento autoridades municipais e estaduais.

Segundo a diretora municipal, profª Marli Viana, o projeto será fundamental para os alunos da unidade. “Nosso Ciep 097 Carlos Chagas Brasil- China é pioneiro neste projeto no município e isto muito nos orgulha. Trabalho há 44 anos no magistério e há 13 anos na direção desta unidade escolar. Vejo de uma maneira muito feliz que nossos estudantes poderão estudar uma língua estrangeira, como o Mandarim. Fico sensibilizada com o cuidado e o carinho com as crianças e os adolescentes da cidade,” disse a gestora.

Em sua fala, a secretária municipal de Educação, profª Roseli Duarte, agradeceu o empenho das diretoras Marli Viana e Nilce Bertolino. “A palavra que podemos definir esse momento chama-se conquista. A gente percebe que os nossos alunos, ao retornarem para este ambiente escolar, retornam como uma novidade que, com certeza, está sendo um presente para essas famílias, para os professores e alunos”.

Já o secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Eduardo Moreira, ressaltou que o projeto Brasil China é pioneiro na Baixada Fluminense. “A gente sabe da importância do ensino integral para os jovens. Os alunos vão poder ter acesso às aulas de Mandarim e, se Deus quiser, será o maior projeto intercultural jamais visto. Estudem muito e se dediquem porque vocês estão tendo uma grande oportunidade”, aconselhou o secretário.

O secretário estadual de Educação, Alexandre Valle, cumprimentou a todo corpo docente presente na instituição de ensino e ressaltou a importância da nova unidade intercultural. “É a oportunidade dos alunos conhecerem, não só o idioma, como a cultura do país. Eu acho que planta-se, hoje, uma grande semente, principalmente, em uma cidade como Duque de Caxias, que já tem uma relação comercial com a China de muitos anos pela quantidade de empresas instaladas na região. Não tenho dúvidas que é um grande avanço”.

De acordo com o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, o jovem precisa de oportunidades. “O Brasil é um país intercontinental, tem um comércio exterior muito forte e um dos principais parceiros do nosso país é a China. Duque de Caxias tem uma localização privilegiada e, hoje, as maiores empresas chinesas estão localizadas aqui na cidade. Aprender o Mandarim será muito importante para os nossos alunos porque eles terão muito mais espaço e oportunidades no mercado de trabalho. O que o jovem precisa é de oportunidades e um leque de opções para o seu crescimento”, finalizou o prefeito.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by