Ataque com faca deixa quatro alunos feridos em escola na Ilha do Governador

Três alunos da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, no Jardim Guanabara, na Ilha do Governador, foram esfaqueados na manhã desta sexta-feira por um colega (6) dentro da unidade de ensino. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 9h40 e três estudantes foram levados para o Hospital Municipal Evandro Freire, na Portuguesa, também no bairro da Zona Norte do Rio. Há três vitimas com ferimentos leves, além do agressor, que se machucou nas mãos.

Segundo os bombeiros, o agressor é um adolescente 14 anos, que teve ferimentos leves e atacou outras duas alunas e um aluno. Ele foi levado de ambulância para o hospital e, quando for liberado, será conduzido a delegacia e apreendido por fato análogo ao crime de tentativa de homicídio. O Samu e a Polícia Militar foram para o local. Segundo a PM, uma equipe da Patrulha Escolar do 17º Batalhão aguarda a chegada dos pais do aluno que agrediu os colegas.

De acordo com as primeiras informações da investigação, o autor vinha apresentando problemas psiquiátricos, segundo o relato da sua mãe ao delegado titular da 37ª DP (Ilha do Governador), Marcos Henrique. Eles moram em uma comunidade da Ilha. Ele cometeu o crime com uma faca de cozinha.

img
O prefeito Eduardo Paes deixa a escola Brigadeiro Eduardo Gomes, onde estudantes foram feridos por colega Foto: Beth Santos / Divulgação prefeitura do Rio

— De acordo com a mãe, o agressor já vinha apresentando alterações no comportamento. Estava em tratamento com psicólogo e psiquiatra quando, hoje, culminou com essa tragédia. Mas, graças a Deus, as vítimas estão fora de perigo e estamos conduzindo agora todos para a delegacia — disse o delegado Marcos Henrique.

Uma das meninas foi ferida no rosto, no pescoço e no abdômen. Segundo colegas da escola, o agressor era introspectivo e não tinha muitos amigos. Todos são do 8° ano do Ensino Fundamental.

O prefeito Eduardo Paes, que esteve na escola, disse que o adolescente começou a filmar a ação com o celular antes de iniciar as agressões.

— Um pouco antes do feriado da Semana Santa, ele já vinha demonstrando um comportamento agressivo. Pelo que a diretora me relatou, isso já havia sido encaminhado para o Capsi, e o psicólogo já teria feito uma primeira análise. Graças a Deus e à coragem de um professor, as crianças estão sem qualquer perigo. Parece que o professor conseguiu intervir com uma cadeira e imobilizar o rapaz. Vamos ter que ter uma atenção especial com essa escola a partir de segunda-feira — disse o prefeito Eduardo Paes, em frente à escola.

Paes disse que a polícia apreendeu o celular dele. E que a mãe não relatou se ele era vítima de bullying ou não. O prefeito informou ainda que o aluno estava sob observação:

— Não fazemos vistoria em todos os alunos da rede municipal de ensino. O que a rede faz sempre é um monitoramento, tanto que esse aluno já estava sob observação. Infelizmente, pelo que soube até agora, parece que não houve tempo suficiente para o problema ser identificado e até, eventualmente, afastado. A informação que tenho é que ele estaria com uma chamada de vídeo e já tinha feito alguma automutilação. Os pais dele estiveram aqui. Parece que, no momento, era o intervalo de uma aula para outra — completou o prefeito.

Em seu perfil no Twitter, Eduardo Paes disse que a “situação lá está sob controle e com a secretaria de educação prestando auxílio a todos”. O prefeito contou ter visitado as crianças no hospital e que todas “passam bem e devem ser liberadas ainda hoje”. Segundo ele, a prefeitura vai acompanhar as famílias para prestar apoio.

A diretora da escola, Liana Martins, é uma das esperadas na delegacia para prestar depoimento. O policiamento na região está intensificado, com uma viatura de prontidão para garantir a entrada e a saída dos estudantes, informou a PM.

A Secretaria Municipal de Educação informa que “um aluno feriu três estudantes da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes. Os alunos feridos receberam atendimento na escola por uma equipe do Samu e foram encaminhados para o Hospital municipal Evandro Freire com ferimentos leves. O aluno que esfaqueou os colegas é menor de idade e está acompanhado da Patrulha Escolar e do Conselho Tutelar”.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by