Depois de testes na Baixada, integração da Uber com a Polícia Militar para botão de alerta é aprovada

Depois de 40 dias em testes na Baixada Fluminense, a integração tecnológica entre a plataforma da Uber e o serviço 190 da Polícia Militar foi aprovada.

E até o dia 15 de julho vai entrar em operação na capital.

Trata-se de um botão de alerta instalado no aplicativo, que tanto pode ser acionado pelo motorista quanto pelo passageiro em situações de emergência.

O pedido de socorro segue diretamente do celular de quem precisa de ajuda para o Centro de Controle Operacional da PM, setor responsável pelo mais que tradicional serviço do 190.

Lá, os operadores recebem, em tempo real, a localização e as outras informações (tais como placa do veículo, identidade do motorista e do passageiro) sobre a viagem em que foi originada a chamada.

Com os dados na tela, acionam a equipe mais próxima — que pode abordar o veículo.

Discrição

E o melhor: o contato é feito apenas por um toque na tela do celular, sem que ninguém precise teclar o número da central da PM — muito menos falar ao telefone.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by