Empresários Alexandre Corrêa e José Orlando diretores do Grupo Niturvia Transportes falam da nova fase em Recuperação Judicial

Nova Iguaçu- O grupo Niturvia que atua no mercado de transporte de passageiros na região metropolitana do rio desde 08 de outubro de 1970, operando suas linhas na região de Nova Iguaçu e cidades vizinhas, ganhou o direito da Recuperação Judicial no segundo trimestre deste ano. Um bom motivo para reorganizar as operações de um negócio que atua desde 1970, e tem se mantido há 52 anos no mercado, entre às transformações e adaptações neste período de dificuldades, onde os custos de operação, somado a pandemia, dividas herdadas em gestões passadas.

José Orlando e Alexandre Corrêa

A habilidade em administrar, e dar soluções,  levou os empresários Alexandre Corrêa e Jose Orlando novos diretores do grupo, a se adptarem a nova realidade que é transporte de passageiros. Os desafios são diários, e nos empenhamos ao extremo a tornar o grupo  Niturvia acessível aos usuários. Procuramos sempre oferecer serviço de qualidade, com onibus modernos com ar e acessibilidade, limpos e cumprindo os horários. A empresa mantém um canal aberto com os clientes. Alexandre e Orlando falam sobre as operações: As dificuldades são diárias e nós encaramos de frente, e manter as portas abertas, com às concorrências que dia a dia aumentam na região, e por quase inviabilizando as operações diárias, nos fazem trabalhar em dobro. O empresario Alexandre Corrêa e José Orlando falaram sobre o futuro do grupo. Nossa e meta é melhorar a cada dia a qualidade no atendimento aos nossos usuários, oferecendo qualidade nos serviços. Estamos buscando sempre uma interação com nossos funcionários, promovendo reuniões semanais, ouvindo opiniões para garantir o funcionamento do grupo. É preciso ter uma equipe unida sempre, são os nossos olhos. A Recuperação Judicial do Grupo Niturvia junto ao Poder Judiciário foi fundamental para nossa volta ao mercado de transportes de passageiros, ficamos paralisados por um período, e agora retornarmos. Quero agradecer os nossos clientes que transportamos diariamente por acreditarem que somos capazes de cumprir a missão do deslocamento casa trabalho, vice e versa. Eu venho do ramo de caminhões, ressaltou Alexandre, e resolvemos encarar de frente o grupo Niturvia, os antigos funcionários, até os mais recentes, também contribuíram para o nosso retorno, e com certeza, sem a justiça nada estaria sacramentado. A  Recuperação Judicial do Grupo Niturvia chegou em tempo, onde várias empresas do ramo de transporte de passageiros no estado do rio ja fecharam as portas desempregando milhares de rodoviários. Finalizou Alexandre Corrêa e José Orlando.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by