Homem que manteve família em cárcere privado será transferido de presídio

A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SEAP) determinou a transferência de presídio de Luiz Antônio Silva, acusado de manter a esposa e os filhos em cárcere privado por 17 anos em uma casa em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio. Ele será transferido de Benfica, na Zona Norte, nesta quarta-feira (3), para a penitenciária Tiago Teles, em São Gonçalo, na Região Metropolitana.

De acordo com o órgão, a decisão ocorreu após a Justiça do Rio tornar a prisão temporária em preventiva. A definição foi realizada pela juíza Monique Correa Brandao dos Santos Moreira que levou em consideração os fatos graves imputados a Luiz.

A família foi libertada na última quinta-feira (28), em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, e precisou de cuidados médicos por causa da desnutrição e desidratação graves. Segundo a mulher, além da privação de comida e água e ameaças constantes de morte, ela e os filhos eram frequentemente agredidos com uso de fios e pedaços de madeira. O local onde as vítimas foram encontradas apresentava pouca luminosidade e condições deploráveis, com acúmulo de lixo, fezes no chão, colchões rasgados e muita sujeira nas paredes.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by