Jornal Povo

Dorival Jr opina sobre os casos de Robinho e Daniel Alves

Dorival foi técnico de Robinho no Santos em 2010

Dorival Junior durante entrevista coletiva na seleção brasileira — Foto: Rafael Ribeiro / CBF

O técnico da Seleção Brasileira Dorival Junior comentou os casos de Robinho e Daniel Alves, condenados por estupro, na entrevista coletiva desta sexta-feira (22): ‘Têm que ser punidos’.

Dorival e Robinho trabalharam juntos no Santos em 2010, quando venceram a Copa do Brasil daquele ano. O treinador disse que a condenação dos ex-jogadores é uma situação muito delicada, mas que ‘se houve crime, têm de ser penalizados’.

“Situação muito delicada. Robinho foi meu atleta, uma pessoa fantástica. Não trabalhei com o Daniel, mas conheço a história. É um momento difícil para nos expressarmos. Primeiro, eu penso nas famílias principalmente das vítimas desses episódios. Episódios que acontecem diariamente no Brasil e em todo mundo, que são abafados pois as pessoas não têm vozes”, disse Dorival.

“Se houve realmente e comprovaram algum tipo de crime, ele tem que ser penalizados, por mais que doa no meu coração sobre uma pessoa que tive convívio excepcional. Mas olho mais para as famílias das vítimas e deles também”, completou o técnico.

Dorival Junior estreia no comando da Seleção neste sábado, às 16h (de Brasília), em um amistoso internacional contra a Inglaterra, no Estádio de Wembley, em Londres.