Jornal Povo

PM prende homem suspeito de chefiar uma das maiores quadrilhas de roubo de carga do Rio

Suspeito estava foragido da Justiça desde 2015 e possui três mandados de prisão

Os policiais levaram Eduardo Siciliano para a 27ª DP, onde ele ficará à disposição da Justiça
Divulgação / PCERJ

Na noite desta quarta-feira (27), um homem considerado chefe de uma das maiores quadrilhas de roubo de carga do Rio de Janeiro foi preso. Agentes do 5° BPM (Praça da Harmonia) e da 27ª DP (Vicente de Carvalho) encontraram Eduardo Henrique Siciliano em um dos acessos do Morro do Pinto, no Santo Cristo.

Ele estava foragido da Justiça desde 2015 e possui três mandados de prisão em aberto pelos crimes de extorsão e associação criminosa, de acordo com a Polícia Civil. A equipe do 5° BPM, somada aos policiais da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), se mobilizou após o homem ser identificado na Rua Pedro Alves, no Centro. Os agentes encontraram Eduardo dentro de um carro, após um cerco.

O suspeito também é responsável por roubo de veículos e sequestros relâmpagos, além de muitos outros delitos. Ele estava sendo investigado pela 27ª DP por ser um dos responsáveis de um caso de extorsão mediante sequestro, ocorrido no dia 11 de dezembro do ano passado, em um posto de gasolina no bairro Colégio, na Zona Norte.

O seu parceiro de crime, Warner Dupret Oliveira, foi preso no último dia 11 por policiais civis e rodoviários federais. No episódio de dezembro do ano passado, segundo a Polícia Civil, os homens roubaram R$ 55 mil de uma vítima, que ficou mantida refém por horas.
Segundo a Polícia Civil, após um trabalho de investigação e monitoramento, os policiais descobriram que Siciliano usava o nome de seu irmão em cadastros e documentos, para dificultar as ações das polícias.