Primeiro time de futebol de homens trans do Rio de Janeiro ganha apoio do Parque de Madureira

Primeiro time de futebol de homens trans do Rio de Janeiro,ganha apoio do parque de madureira para a realização de seus treinos e futura competição.
A palavra diversidade passou a ter não só motivo de existir como de parcerias,o recém nascido time de futebol de homens trans chamado de BigTboys,até poucos dias atrás não tinha quadra pra treinar fixa é seu criador que espera receber um não por se tratar de um time que inicia seus treinos para em breve competir com outros times só Rio.
Vendo a dificuldade de ter a visibilidade do homens transexuais do Rio e só Brasil, o criador do time Cristian Lins,editou um projeto de futebol de um amigo jogador de time gays é acrescentou uma homenagem ao primeiro homem trans do rio João Nery.
Além de criar o time,ele criou a arte é para ajudar ele se manter criou duas camisas do time para além do time jogar vender não só essas camisas mais bonés,botons e bandeira.
Cristian informou que também tem a parte social do projeto que é com essas futuras vendas ele espera ajudar além do time com passagem,lanche e apoio ajudar outras pessoas com cestas básicas,crianças com leite,fraldas e animais com resgate, castração e doação de ração e medicamentos.


Ele contou que esse projeto ficou um ano na gaveta é não esperava montar o time tão rápido é que ao tentar ir pedir apenas autorização no Parque de Madureira para treinarem uma hora,fechou parceria onde pode levar seu time é ainda criar outros de outros esportes como vôlei, rugby,basquete e queimado.
O primeiro time de futebol de homens trans do rio de janeiro,está tento apoio de diversos amigos e jogadores da ligay é espera poder tornar esse projeto a nível nacional,já que tem homem trans de Minas,São Paulo e Curitiba querendo participar do time do Rio.
O apoio foi super importante,só de saber que pessoas de fora da comunidade LGBTQ+ querem somar já me deixa feliz.

Consegui ter o apoio que não esperava ter, é vários grupos LGBTQ+ não deram importância nem ajudaram a gente mais não trabalhamos com esse egoísmo, infelizmente sempre tem a parte de qualquer sociedade que não se importa com nada além de si,mais vamos somar com quem sabe o que é respeito ao próximo.
O time já tem técnico, auxiliar,preparador físico e nutricionista,além de vários homens transexuais querendo participar do projeto.
Um dois amistosos será em homenagem a Marielle Franco,outro a João Nery e Jean Wills todos até o fim do ano.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by