Intolerância religiosa: Unidos em prol da mudança
Ivanir conversando com público presente (Foto: Rozangela Silva)

Em um encontro que reuniu cerca de 200 pessoas no IFCS, localizado Centro do Rio, lideranças e intelectuais discutiram maneiras de acabar com os ataques as comunidades de Terreiro e o racismo existente no estado.

Na semana passada (31/05) o Prof. Dr. Ivanir do Santos, juntamente com o procurador da República Federal (MPF), Sr. Júlio José Araújo Júnior, estiveram reunidos com o Governado Wilson Witzel. Na ocasião, o responsável pelo estado pediu que lhe encaminhassem soluções para os casos de intolerância existentes.

Líderes de diversas religiões (espíritas, budistas, católicos, protestantes, judeus, muçulmanos, evangélicos e ciganos) chegaram a um senso comum e estão preparando o documento para que o mesmo seja entregue nas mãos do poder público estadual.

O presidente da CCIR, Ivanir dos Santos, comemorou o resultado do encontro e afirmou que é necessário uma visão mais ampla por parte de todos nós.

Acredito que esse é um passo extremamente importante, pois além de buscar estratégias junto aos órgãos públicos responsáveis, estamos mostrando à sociedade que a intolerância religiosa é uma questão de todos. Ela, a intolerância, não pode ser lida e colocada como um problema dos grupos religiosos que estão passando pelo caso de intolerância. Atestou o Bàbálawo Ivanir dos Santos.

A reunião foi sugerida pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) e contou com a colaboração jornalística da mídia Agen Afro, que atua diretamente com o público que sofre os ataques.

Foram 38 episódios de intolerância, somente no primeiro semestre. Principalmente na Baixada Fluminense.

Contato Bàbá Joaquim D’Ògún

(21) 96991-4004
instagram.com/mejiomiodara
facebook.com/mejiomiodara
[email protected]

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by