O desaparecimento de uma mulher de 27 teve um trágico final em Miracema, interior do Rio. Franciane Moizes Pedro, de 27 anos, foi assassinada pelo companheiro, Gutemberg Xavier Alves, de 42 anos. Ele a matou e enterrou seus restos mortais no quintal da casa que moravam juntos.

Segundo a polícia, Franciane foi morta em setembro. Entretanto, os familiares dela só denunciaram o desaparecimento no início este mês. Na ocasião, Gutemberg prestou depoimento e teve seu carro periciado. Quando isso aconteceu, ele foi até o lugar onde enterrou a mulher e a desenterrou, sumindo com seus restos mortais. Para despistar a polícia, o assassino usou um homem que possui distúrbios mentais para sumir com partes do corpo da vítima, alegando que era o corpo de um cachorro morto.

Em buscas realizadas pela casa da vítima, foram encontrados um pano de sangue, parte de um aplique, e os restos mortais de Franciane. O rapaz usado pelo assassino foi ouvido pela polícia, o que ajudou a determinação de prisão pelo juíz Rodrigo Rocha de Jesus, do Plantão Judiciário da Região.

Ainda não se sabe o que motivou o assassinato de Suzane. A família enterrou os restos mortais dela nesta segunda-feira. Já Gutemberg, segue foragido.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by