Serra do Vulcão em Nova Iguaçu recebe ação de reflorestamento

Cerca de 280 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica, como trema, cajá mirim, aroeira, ingá e ipê, foram plantadas neste domingo (22), na Serra Gericinó Mendanha, também conhecida como Serra do Vulcão. A ação “Eles Queimam, Nós Plantamos!”, que está em sua terceira edição, é uma parceria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Turismo de Nova Iguaçu, Instituto EAE (Educação Ambiental e Ecoturismo), Cedae e Instituto Estadual do Ambiente.

“É uma ação de reflorestamento com educação ambiental com a participação de algumas instituições privadas. O mais é importante é que estamos conseguindo conscientizar a população para a importância de preservar o meio ambiente. O plantio de árvores e plantas vai ajudar na diminuição da temperatura da cidade e será fundamental para a proteção e recuperação das minas de água que brotam na Serra. As mudas foram plantadas em pontos estratégicos, onde ocorrem muita queimada. Este ano já tivemos cerca de 15 ocorrências de queimadas na Serra e quase todas delas causadas pelo homem”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente, Fernando Cid, que pretende fazer uma ação como esta a cada 15 dias.

Mais de 50 pessoas participaram do plantio. Algumas vieram de outras cidades da Baixada Fluminense. Frequentadora das cachoeiras do Parque Municipal, a ambientalista Ruth Gabriela da Silva, de 22 anos, que saiu de casa, em Belford Roxo, para plantar ipês verdes na Serra do Vulcão, era uma das voluntárias mais animadas.

“É um movimento histórico, pois vai melhorar o meio ambiente da cidade e seu visual. O aquecimento global é uma realidade e o plantio de novas árvores reduz o aquecimento elevado da temperatura. Isso deixa o local mais colorido e melhora o oxigênio”, lembrou.

Acompanhado do pai Alexandre Bensabat, de 46 anos, o menino Alexandre Bensabat Filho, de 6, que juntos já plantaram 486 mudas de árvores por diversos pontos de Nova Iguaçu, como o Parque Municipal, Via Light e Tinguá, não ficaram de fora.

“Gosto de plantar mudas onde não há o verde. Aqui, como teve queimada, precisa de novas plantas e árvores. Quero ajudar na preservação do meio ambiente. Hoje plantei ipê verde, ipê rosa e ingá. São as árvores que mais gosto”, disse o garoto emocionado, que ajuda na preservação do meio ambiente desde os 3 anos de idade. A próxima ação deve acontecer em janeiro e deve ganhar um reforço de peso: a participação de praticantes de bike, parapente e asa delta, que usam a Serra do Vulcão como diversão.

Via: Destaque Baixada

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by