Craque o Flamengo faz em casa: veja seleção do século XXI com jogadores revelados no clube

O lema “Craque o Flamengo faz em casa” sempre fez parte da história rubro-negra. Na Era Zico foi assim, e, mesmo recentemente com o clube com capacidade de contratar estrelas, os jogadores revelados no Ninho do Urubu têm grande importância. Durante o Século XXI, o Flamengo revelou diversos atletas, e o GloboEsporte.com elegeu uma seleção com estes nomes que estrearam a partir de 2001.

Diversos aspectos foram levados em consideração, como a expectativa criada, o retorno financeiro, a carreira, os títulos conquistados e a identificação com o torcedor.

Desta forma, a seleção de revelados no Flamengo neste século é a seguinte:

Diego, Rafael Galhardo, Léo Duarte, Samir e Jorge; Felipe Melo, Ibson, Renato Augusto, Lucas Paquetá, Reinier e Vinicius Junior.

Confira abaixo os motivos de cada um deles estar nesta seleção.

Diego

O goleiro se profissionalizou em 2001 e estreou no Carioca de 2002. Durante o período em que ficou no Flamengo, uma boa parte ficou na reserva de dois dos grandes arqueiros do clube, Julio César e Bruno.

Diego virou titular depois que Júlio César foi para a Europa, em 2005, quando teve algumas boas atuações e ajudou o time na luta contra o rebaixamento. No ano seguinte, foi campeão da Copa do Brasil. Com a chegada de Bruno, perdeu espaço. Seu último jogo foi um duelo com o Internacional, que terminou 0 a 0, no Beira-Rio. Ele teve boa atuação e deu sua contribuição para o título do Brasileiro daquele ano.

Neste século, o Fla também revelou Marcelo Lomba, que não jogou muito pelo clube, mas construiu uma carreira sólida em outras equipes brasileiras.

  • Revelado em: 2002
  • Clubes em que atuou: Flamengo, Madureira, Ceará, Boavista, Avaí, Mirassol e Santo André.
  • Títulos conquistados na carreira: Carioca (2004, 2007, 2008 e 2009), Copa do Brasil 2006, Campeonato Brasileiro 2009, Campeonato Cearense: 2011 e Campeonato Catarinense: 2012.
  • Onde está atualmente: Aposentado
Diego, goleiro campeão da Copa do Brasil de 2006 — Foto: Reprodução
Diego, goleiro campeão da Copa do Brasil de 2006 — Foto: Reprodução

Rafael Galhardo

O jogador chegou ao Flamengo em 2009, na base, e logo fez sua estreia no profissional, com 17 anos. Disputou três partidas durante a campanha do título brasileiro de 2009. Por caus da presença de Léo Moura, titular absoluto, acabou não tendo muitas oportunidades no clube – o que aconteceu também com outros atletas. A posição é talvez a que menos rendeu frutos ao Flamengo com atletas vindos da base.

Galhardo, que foi campeão sul-americano e mundial sub-20 com a seleção brasileira em 2011, foi para o Santos em 2012, e começou sua luta contra problemas de lesão. Depois, passou por outros grandes clubes do futebol brasileiro. Atualmente tem 28 anos.

Outro lateral revelado pelo Flamengo neste século foi Léo Mattos, que pouco jogou no clube, mas na Europa defendeu equipes como o Olympique de Marselha, Dnipro-UCR e PAOK-GRE. No Brasil, atuou por Paraná e Figueirense.

  • Revelado em: 2009
  • Clubes em que atuou: Flamengo, Santos, Bahia, Grêmio, Anderlecht, Athletico-PR, Cruzeiro e Vasco.
  • Títulos conquistados na carreira: Campeonato Brasileiro 2009, Sul-Americano sub-20 2011, Mundial sub-20 2011, Carioca 2011, Campeonato Baiano 2014, Copa do Brasil 2017 e Campeonato Gaúcho 2019.
  • Onde está atualmente: Vasco
Rafael Galhardo Flamengo CEP — Foto: Divulgação
Rafael Galhardo Flamengo CEP — Foto: Divulgação

Léo Duarte

O zagueiro subiu aos profissionais do Flamengo em 2016, depois de ser capitão na conquista da Copa São Paulo de Juniores. Fez ao todo 92 jogos pelo clube antes de ser contratado pelo Milan, com aval de Maldini, por € 10 milhões (R$ 44 milhões).

Em 2018, ele se tornou titular com exibições seguras, e manteve o bom nível e o espaço no time em 2019, quando chamou a atenção dos europeus. Foi campeão carioca e participou do início das vitoriosas campanhas da Libertadores e Brasileiro.

Sua saída, na metade de 2019, foi lamentada pelo técnico Jorge Jesus, que aposta em seu sucesso na Itália.

  • Revelado em: 2016
  • Clubes em que atuou: Flamengo e Milan.
  • Títulos conquistados na carreira: Carioca (2017 e 2019)
  • Onde está atualmente: Milan
Léo Duarte em Flamengo x Santos — Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
Léo Duarte em Flamengo x Santos — Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Samir

Depois de se destacar na base, inclusive com convocações para seleção brasileira, o zagueiro subiu ao profissional em 2013, com o técnico Jayme de Almeida, e se firmou como uma grande revelação. Logo conseguiu espaço como titular e participou das conquistas da Copa do Brasil 2013 e do Carioca no ano seguinte.

No fim de 2015, a Udinese chegou a um acordo com o Flamengo e contratou Samir, então com 20 anos, por 4 milhões de euros (na ocasião, cerca de R$ 16 milhões). No ano passado, o técnico Tite convocou o zagueiro para a seleção principal do Brasil.

  • Revelado em: 2013
  • Clubes em que atuou: Flamengo, Udinese e Verona.
  • Títulos conquistados na carreira: Copa do Brasil 2013 e Carioca 2014
  • Onde está atualmente: Udinese
O zagueiro Samir foi eleito a Joia 2013 do Flamengo — Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
O zagueiro Samir foi eleito a Joia 2013 do Flamengo — Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Jorge

O lateral-esquerdo, após se destacar bastante na base, fez sua estreia no profissional em 2014, embora ainda não ficasse efetivo no time profissional. Em 2015, ainda disputou a Copinha e foi eleito o melhor lateral do Mundial sub-20. Depois, foi chamado por Vanderlei Luxemburgo e rapidamente conquistou seu espaço. O experiente Pablo Armero foi para o banco.

Em 2016, foi eleito o melhor lateral-esquerdo do Brasileiro e chamou a atenção de clubes europeus. Em 2017, foi convocado por Tite para a Seleção. Logo depois o Flamengo acertou sua venda para o Monaco por € 9 milhões (R$ 30,5 milhões, na época). Com pouco espaço, foi emprestado ao Porto. Retornou ao Brasil para defender o Santos e teve destaque antes de voltar para França.

  • Revelado em: 2014
  • Clubes em que atuou: Flamengo, Monaco, Porto e Santos.
  • Títulos conquistados na carreira: Carioca 2014 e Francês 2016/2017
  • Onde está atualmente: Monaco
 Jorge em ação pelo Flamengo — Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
Jorge em ação pelo Flamengo — Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Felipe Melo

O volante se profissionalizou em 2001 e em seu primeiro ano contribuiu com um gol decisivo na luta contra o rebaixamento no Brasileiro daquele ano (assista no vídeo abaixo). Também participou da conquista do Carioca e Copa dos Campeões de 2001. A trajetória no Flamengo foi curta, e ele construiu uma carreira de sucesso fora do clube. Em 2003, foi para o Cruzeiro e depois Grêmio, antes de seguir sua vida na Europa.

Atuou por grandes como Juventus e Inter de Milão, e disputou, como titular, a Copa do Mundo de 2010. Depois de 12 anos, retornou ao Brasil para jogar pelo Palmeiras.

  • Revelado em: 2001
  • Clubes em que atuou: Flamengo, Cruzeiro, Grêmio, Mallorca, Racing Santander, Almería, Fiorentina, Juventus, Galatasaray, Inter de Milão e Palmeiras.
  • Títulos conquistados na carreira: Carioca 2001, Copa dos Campeões 2001, Copa do Brasil 2003, Brasileiro 2003 e 2018, Mineiro 2004, Copa das Confederações 2009, Campeonato Turco (2011/12, 2012/13 e 2014/15), Supercopa da Turquia (2012, 2013 e 2015) e Copa da Turquia (2013/14 e 2014/15).
  • Onde está atualmente: Palmeiras
Felipe Melo com a camisa do Flamengo — Foto: Divulgação
Felipe Melo com a camisa do Flamengo — Foto: Divulgação

Ibson

Desde criança no clube, o jogador se profissionalizou em 2003 e logo conquistou seu espaço. Em 2004, participou do título carioca e do vice da Copa do Brasil. Em 2005, foi para a Europa defender o Porto. Mas foi na equipe rubro-negra, que defendeu em três oportunidades, que ele sempre conseguiu seu melhor desempenho.

Meia Ibson foi apresentado para iniciar a terceira passagem pelo Flamengo
Ibson comemora pelo Flamengo. Meia jogou três vezes pelo clube — Foto: Alexandre Cassiano/O Globo

Renato Augusto

Depois de jogar em dois jogos pelo Brasileiro de 2005 com 17 anos, o meia teve uma ascensão meteórica no clube na temporada seguinte, e ficou conhecido pelo bom desempenho na conquista do título da Copa do Brasil de 2006, em cima do Vasco. Depois, virou titular e camisa 10 da equipe. Também teve participação decisiva na conquista do Carioca de 2007.

Em julho de 2008, Renato Augusto seguiu sua carreira na Europa. O Bayer Leverkusen pagou 10 milhões de euros ((R$ 25 milhões na época). Ele retornou ao Brasil em 2013 para jogar no Corinthians e teve muito sucesso. Em 2016, recebeu uma proposta milionário e acertou com o Beijing Guoan, da China.

Sua primeira participação pela Seleção foi em 2011. Ele foi campeão olímpico em 2016 e disputou a Copa do Mundo de 2018.

  • Revelado em: 2005
  • Clubes em que atuou: Flamengo, Bayer Leverkusen, Corinthians e Beijing Guoan.
  • Títulos conquistados na carreira: Carioca (2007 e 2008), Copa do Brasil 2006, Recopa Sul-Americana 2013, Campeonato Brasileiro 2015, Jogos Olímpicos 2016 e Copa da China 2018.
  • Onde está atualmente: Beijing Guoan
Renato Augusto durante duelo com o  Real Potosí, na Bolívia — Foto: Agência O Globo
Renato Augusto durante duelo com o Real Potosí, na Bolívia — Foto: Agência O Globo

Lucas Paquetá

Depois de um trabalho para ganhar força física, Paquetá participou do título da Copinha de 2016 e foi profissionalizado. Em 2017, começou a ganhar mais espaço. A chegada do técnico Reinaldo Rueda foi importante para ele ganhar mais oportunidades e confiança. Em 2018, foi protagonista, eleito um dos melhores do Brasileiro e despertou o interesse de clubes europeus.

Lucas Paquetá Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Lucas Paquetá Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Reinier

Considerado um dos melhores do mundo de sua idade, o meia-atacante sempre foi apontado como uma joia e despertou interesse de grandes clubes da Europa antes mesmo de se profissionalizar, em 2019. Com apenas 17 anos, conseguiu dar sua contribuição mesmo em um time recheado de grandes jogadores.

Participou dos títulos do Brasileiro e Libertadores e, assim que, completou 18 anos, foi anunciado pelo Real Madrid em uma transação de 30 milhões de euros (cerca de R$ 136 milhões). Como parte do processo de adaptação, ele integra atualmente o time B merengue e começou bem.

  • Revelado em: 2019
  • Clubes em que atuou: Flamengo e Real Madrid.
  • Títulos conquistados na carreira: Brasileiro 2019 e Libertadores 2019.
  • Onde está atualmente: Real Madrid
Reinier com a taça da Libertadores — Foto: Reprodução Instagram
Reinier com a taça da Libertadores — Foto: Reprodução Instagram

Vinicius Junior

Um fenômeno na base pelo Flamengo e pela seleção brasileira, o atacante foi para o profissional em 2017, pelas mãos do técnico Zé Ricardo, depois de uma boa participação na Copinha. Com 16 anos, se tornou a maior venda da história do clube – o Real Madrid pagou 45 milhões de euros – equivalentes a R$ 150,3 milhões na data da transação).

Sua ida para Espanha só aconteceu quando completou 18 anos. Deu tempo de Vinicius Junior fazer muitos bons jogos pelo Flamengo, principalmente em 2018. Quando se despediu do time, no meio daquele ano, era o artilheiro com dez gols.

No Real, a joia teve um bom início e conseguiu chances antes até do esperado, mas depois oscilou, prejudicado também pelo mau momento coletivo da equipe. Em 2020, buscar retomar o caminho do protagonismo na Espanha e também da Seleção.

  • Revelado em: 2017
  • Clubes em que atuou: Flamengo e Real Madrid.
  • Títulos conquistados na carreira: Mundial de Clubes 2018 e Supercopa da Espanha 2019/2020.
  • Onde está atualmente: Real Madrid
Vinicius Junior Flamengo x Paraná Maracanã — Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
Vinicius Junior Flamengo x Paraná Maracanã — Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Fonte: Globoesporte

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by