Alvorada nas sedes marcam início da comemoraçõe de aniversário do Club de Regatas Vasco da Gama

Com uma vasta história de conquistas, dentro e fora de campo, o Club de Regatas Vasco da Gama iniciou os festejos dos 122 anos de vida na manhã desta sexta-feira (21/8). A comemoração do aniversário do Gigante da Colina foi iniciada com a tradicional “Alvorada Vascaína”. Em São Januário, às seis horas da manhã, as bandeiras do Brasil, do Vasco, de Portugal, do estado do Rio de Janeiro e da cidade do Rio de Janeiro foram hasteadas por dirigentes do clube. Assim como na Colina Histórica, as sedes Náutica e do Calabouço também seguiram a tradição e realizaram a homenagem. No CT da base, em Duque de Caxias, uma grande bandeira do Club foi erguida por um guindaste.

O Presidente falou sobre a alegria de poder comemorar mais um aniversário do clube e ainda celebrou com todos os presentes, a liderança do Campeonato Brasileiro.  

– É de uma alegria muito grande, hoje no aniversário do clube, poder olhar para trás e ver uma série de realizações que conseguimos com esse time. Ao longo desses três anos são várias conquistas, é verdade que não temos um desempenho como desejávamos no futebol. Mas esse ano, começamos com o pé direito e fomos presenteados ontem com mais uma vitória e a liderança do campeonato, com o maior número de gols, a defesa menos vazada e inclusive com dois artilheiros. Esse é um motivo de muita alegria para todos nós. Hoje teremos um dia repleto de celebrações, às 19 horas acontecerá a sessão solene do Conselho Deliberativo e a partir das 21 horas, teremos uma live em comemoração do 122 anos do Vasco, para presentear toda a torcida – disse Alexandre Campello. 

Após a tradicional Alvorada, os diretores e o Presidente juntaram-se a alguns funcionários para tomar o também tradicional Café da Manhã e celebrar essa data tão importante para o Club. Campello agradeceu por todo apoio e dedicação de todos os funcionários com o Vasco, disse ainda que o trabalho ainda não acabou e revelou que pretende entregar o clube melhor do que como ele recebeu. Ao final de seu discurso, o Presidente fez questão de entregar os primeiros pedaços para o funcionários com mais tempo de casa, como Angelino, que faz 44 anos de Vasco esse ano e Robinho, que completa 20 anos de clube. 

image
Campello entrega primeiro pedaço do bolo aos funcionários mais antigos do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

– Só tenho a agradecer aos funcionários por todo esforço, pela dedicação e princialmente pelo entendimento e por acreditar no trabalho que tá sendo feito. Estamos lutando muito para voltar a trazer a normalidade do clube. Estamos ultimamente trabalhando a custo de muito sacrifício, para conseguir de alguma forma, honrar com os nossos compromissos. A expectativa é de que até o final do ano os salários estejam em dia, durante períodos muito difíceis para todos nós, vocês foram todos foram parceiros do clube, vestiram de fato essa camisa e eu acho que se tem alguma coisa que a gente deve fazer aqui, é agradecer. Ainda temos muita coisa para fazer até o final do ano, esperamos entregar um clube melhor do que recebemos – finalizou Campello.

No mesmo horário, a Sede Náutica do Vasco também celebrou mais um ano de história do clube. Nesse ano, não houve queima de fogos, fizeram apenas um hasteamento das bandeiras e as deixaram em meio mastro, como forma de homenagem a todas as vítimas do Covid-19. Vice-Presidente de Desportos Náuticos, Horácio Cortinhas falou sobre a celebração na sede do clube e prestou sua solidariedade por todas vítimas da Covid-19.

image
Hasteamento das bandeiras e homenagem as vítimas da Covid-19 (Foto: Divulgação/Vasco)
  • As comemorações dos 122 anos do Club de Regatas Vasco da Gama, na Sede Náutica foram de uma forma completamente diferente das demais sedes. Toda a comissão técnica, administrativa, Vice-Presidente e nosso diretor de Remo, nos reunimos no terraço e colocamos a bandeira do Vasco a meio palmo, em respeito aos mais de 100 mil brasileiros que nos deixaram por conta da Covid-19. É o mínimo que podemos fazer por essas pessoas que nos deixaram. É o respeito, a solidariedade e o luto por aqueles, também vascaínos que se foram. Então, posteriormente ao hasteamento das bandeiras, nos reunimos numa roda, propomos um minuto de silêncio, fizemos uma oração em prol de todas as vítimas e terminamos puxando o tradicionl grito de Casaca. Ao final de tudo, nos reunimos para também tomarmos um café da manhã. Meus parabéns aos 122 anos de Vasco! – disse Horácio Cortinhas.

A Sede do Calabouço também fez uma cerimônia homenageando os 122 anos do Club, como tradicionalmente é feito. Funcionários da sede estiveram reunidos, respeitando todas as medidas de segurança contra o Covid-19. Por lá também ocorreu a Alvorada e o hasteamento das bandeiras antes do café da manhã em confraternização e homenagem ao aniversário do Gigante da Colina.

image
Sede do Calabouço também comemorou os 122 anos do Vasco (Foto: Divulgação/Vasco)

Outra sede que também recebeu uma cerimônia de comemoração foi o Centro de Treinamento das categorias de base, em Duque de Caxias. O local vem passando por reformas e recebeu a presença de Grandes Beneméritos do Club, como o Vice-Presidente de Desportos Aquáticos, Walter Ramos, Antônio Peralta e Manoel Moutinho. Por lá, uma bandeira do Vasco foi erguida através de um guindaste e ficou à mostra para os carros que passavam pela Rodovia Washington Luiz.

image
Bandei vascaína foi erguida por um guindaste no CT de Caxias (Foto: Divulgação/Vasco)

Fonte: Vasco da Gama

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by