Polícia prende bandido apontado como o maior especialista em roubo a residências de luxo do estado do Rio

Policiais da 24ª DP (Piedade) prenderam, na noite desta terça-feira, dia 23, três homens acusados de fazer parte de uma quadrilha de roubo a casas de luxo em bairros da Zona Sul e na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Eles foram surpreendidos quando passavam de carro pela Ponte da Joatinga. No veículo, foram encontradas três pistolas, carregadores, além de granadas.

Heric dos Santos Baltazar, o Haiti ou Mágico, disfarçado de motorista de Uber
Heric dos Santos Baltazar, o Haiti ou Mágico, disfarçado de motorista de Uber Foto: Reprodução

De acordo com o delegado Tiago Venturini Antunes, titular da 24ª DP, Heric dos Santos Baltazar, o Haiti ou Mágico, é o chefe do esquema criminoso e tido como o maior especialista em roubo a residências do estado. Ele já foi identificado pela vítima de oito inquéritos e se disfarçaria de motorista e de carteiro para entrar nas mansões. Foram presos também Andrei Fernando Sorrilha Andrade, o PH; e Marcos da Silva Aires Júnior, o Jota.

Quadrilha do Complexo do Alemão presa após assalto no Jardim Botânico; Heric está à direita
Quadrilha do Complexo do Alemão presa após assalto no Jardim Botânico; Heric está à direita Foto: Reprodução

O trio havia participado, horas antes, de um roubo a uma casa no Jardim Botânico. Na ocasião, eles mantiveram os moradores idosos e seus cuidadores como reféns amarrados e levaram joias, celulares, laptops e ainda os obrigaram a transferir R$ 50 mil para suas contas correntes. Na saída, os bandidos ainda roubaram o sistema de vigilância do imóvel para evitar que fossem reconhecidos pela polícia.

Heric dos Santos Baltazar disfarçado de carteiro
Heric dos Santos Baltazar disfarçado de carteiro Foto: Reprodução

— Na atual conjuntura da pandemia, com a determinação do isolamento social, todos buscam proteção e refúgio na segurança do próprio lar. No entanto, esses criminosos levaram terror e pânico a diversas dessas famílias — afirmou o delegado.

Todos os bandidos têm anotações por diversas modalidades de roubos, são ligados a traficantes da maior facção criminosa do estado e são suspeitos de participação em roubos de residência cometidos no Humaitá, no Joá e na Gávea.

Facebook Comments

Open chat
Anuncie AQUI! >>>
Olá!
Gostaria de anunciar sua marca aqui?
Powered by